Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sempre que ouvimos alguém falar sobre exercício, ouvimos que é bom ser mais definido e sem gorduras a abanar, mas é importante saber que chega a um ponto em que continuar a cortar na gordura não é saudável.

Nos homens, ter uma percentagem de gordura corporal entre os 15% e os 20,3% é considerada essencial para a nossa sobrevivência, ou seja, o nosso corpo não funciona sem isso. Ter uma percentagem de gordura corporal abaixo dos 5% é considerado um sinal de aviso de má saúde, até mesmo em atletas profissionais.

Para perceberem melhor o que acontece quando o nosso corpo não tem a percentagem de gordura necessária para funcionar correctamente, neste artigo deixamos alguns exemplos do que acontece.

Maior probabilidade de sérios problemas cardíacos: ter pouca gordura leva a um mau funcionamento do sistema cardiovascular, podendo causar tonturas, desmaios e paragens cardíacas.

Os níveis de energia baixam drasticamente: por não ter reservas de gordura, o nosso corpo não é capaz de aumentar a nossa energia disponível. Combinado com isto, os baixos batimentos cardíacos também aumentam a nossa fadiga.

Constante sentimento de frio: a gordura tem um papel importante no nosso organismos para ajudar a regular a temperatura corporal e para proteger os nossos órgãos.

Os treinos são horríveis: após treinar por 20 minutos, o nosso corpo começa a ir buscar energia às nossas reservas de gordura. Se não tiverem gordura para fornecer energia, a vossa performance atlética vai reduzir drasticamente.

Os músculos não recuperam: mesmo que consigam ter um bom treino, por não terem gordura suficiente no organismo, os vossos músculos não vão receber os nutrientes necessários para recuperarem para o próximo treino.

Sensação constante de fome: quanto menos gordura tiverem na vossa alimentação, mais o vosso organismo vai produzir hormonas que aumentam o vosso apetite, para tentar contrariar a vossa dieta.

A testosterona diminui: isto é especialmente importante para os homens, tendo em conta que menos testosterona equivale também a menor produção de espermatozóides. Por terem pouca gordura, o vosso organismo entra em modo de sobrevivência e não apoia o modo de reprodução.

Ficam doentes mais vezes: menos gordura e menos energia fazem com que o nosso sistema imunitário fique menos eficiente, o que aumenta o risco de infecções ou de contrair doenças.

Estão sempre de mau humor: o facto de se isolarem socialmente devido à vossa dieta controlada e os níveis de gordura no vosso cérebro são capazes de criar grandes alterações no vosso humor, causando irritabilidade e mudanças de humor.

A vossa pele fica horrível: como se as razões anteriores não bastassem, a gordura é importante para hidratar a nossa pele e mantê-la saudável.

 

 

[Adaptado de Men's Fitness]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D